PROTOCOLO

Atitudes de cada um que protegem a todos

 

Nós da CIRCA, com a total ciência de nossas responsabilidades e com o apoio do Ministério do Turismo, estamos certificados pelo órgão regulamentador, por estarmos aptos a prestar um serviço ao turismo, seguindo um programa que estabelece boas práticas de higienização. Obtivemos um selo, que incentiva os consumidores a sentir-se seguros ao frequentar nosso estabelecimento. Esse selo certifica que nós cumpriremos os protocolos para a prevenção do Covid-19, ajudando no posicionamento do Brasil como um destino protegido e responsável.  

 

Segue abaixo, protocolos que a Secretaria do Turismo recomenda, para a proteção de todos contra o Covid-19:

  1. Evitar cumprimentar com contato físico, incluindo apertar as mãos, tanto de funcionários quanto de outros turistas. A distância de segurança de, pelo menos 1 metro, deve ser respeitada sempre;

  2. Utilizar máscara em todos os ambientes públicos e/ou compartilhados;

  3. Cobrir o nariz e a boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos, ao tossir ou espirrar;

  4. Lavar as mãos com água e sabonete, ou utilizar álcool em gel 70%, ou outro produto, todos devidamente aprovados pela ANVISA, caso não disponha de local para lavar as mãos, após espirrar, assoar o nariz ou tossir ou, ainda, sempre que tocar em qualquer superfície potencialmente contaminada (dinheiro, maquina de cartão, balcão do estabelecimento, corrimão, botões de elevadores, maçanetas, telefone, computadores, aparelho celular, etc.)

  5. Evitar tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas ou higienizadas com álcool gel 70%;

  6. Desinfetar com frequência objetos de uso pessoal (copos, celulares, etc.) com água e sabão quando possível ou, quando não for possível, utilizar uma solução desinfetante recomendada pela ANVISA para tal finalidade;

  7. Não compartilhar equipamentos ou objetos pessoais com outras pessoas;

  8. Evitar aglomerações;

  9. Se apresentar algum sinal ou sintoma de Covid-19, evitar contato físico com outras pessoas, principalmente, idosos e doentes crônicos (e comunicar imediatamente a direção do serviço aonde estiver hospedado);

  10. Evitar tocar em paredes, balcões e outras superfícies, caso não seja possível, higienizar as mãos em seguida;

  11. Observar se o estabelecimento está cumprindo o protocolo proposto.

Acreditamos que juntos, conseguiremos vencer!

Selo_Turismo_Responsavel.png